Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé
Pará
Cursos do Senac colaboram com a ressocialização de detentos no Pará

Publicado em: 24 Jan 2017 | INCLUSÃO SOCIAL

A oportunidade da qualificação profissional é uma importante porta que se abre para a recuperação e reinserção social de pessoas encarceradas. Nos três últimos meses, 32 detentos e detentas participaram de cursos de formação inicial realizados pelo Senac no Pará, através do convênio com a Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe).

Até o segundo semestre deste ano a parceria vai oferecer cursos de iniciação profissional voltados à população carcerária com escolaridade mínima, buscando contribuir com a tão difícil inserção no mercado de trabalho após o cumprimento da pena.

Em busca de uma vida mais digna para a sua família, Gleice Moraes, 33 anos, se dedica aos estudos. Além de cursar o Ensino Médio na detenção, ela também ingressou no curso de Técnicas de Atendimento e Recepção (40h) realizado no período de 17 a 31 de outubro. “O Senac me proporcionou novos conhecimentos para ser uma boa profissional e no futuro me reestabelecer, ter um emprego e ajudar a minha família”, descreveu.

Do Centro de Recuperação Feminino (CRF), 14 detentas foram certificadas neste curso. De acordo com a agente prisional Elisângela Siqueira, a capacitação está aliada a outras ações que vêm sendo aplicadas no CRF para que, fora do presídio, elas possam vencer preconceitos e ter mais chances de transformar a vida. “O desenvolvimento das internas foi surpreendente, porque elas realmente se interessaram e aprenderam uma postura profissional, mudando até a maneira de falar, de agir”, avaliou.

A instrutora do Senac Andréa Solon frisa que, através de ações deste tipo o Senac demonstra a sua responsabilidade social com aquilo que faz de melhor: qualificar pessoas profissionalmente. “Trabalhando a inclusão social de encarcerados, estamos devolvendo a eles a esperança. A sociedade precisa disso, de ações que realmente foquem na recuperação do indivíduo”.

Em novembro, o Centro de Recuperação do Coqueiro (CRC) recebeu, pela primeira vez, o curso de Técnicas de Vendas no Varejo (40h), que certificou 18 internos do regime semiaberto no período de 07 a 21. O detento Jorge Teixeira Furtado, de 28 anos, já pensa em empreender com o conhecimento adquirido. “A minha esposa já atua nesse ramo, mas eu não tinha noção de como era. Agora eu sei o que fazer para montar uma loja e também para mantê-la. Ou seja, temos algo mais para fazer com que o nosso negócio possa ir em frente”, disse.     

Durante o curso, os detentos foram capacitados a trabalhar no sistema varejista, com vendas diretas ao consumidor final, a partir de orientações relacionadas às diversas etapas do processo de venda profissional, incluindo os aspectos comportamentais do cliente. “Embora as adversidades sejam muitas por estarmos privados da liberdade, temos consciência de que qualquer pessoa tem a capacidade de se superar e dar a volta por cima, ter um novo começo”, ressaltou o detento Luiz Renato Melo, de 31 anos.

PARCERIAS ANTERIORES

Desde 2011 o Senac vem sendo frequente parceiro da Susipe em iniciativas que utilizam a educação profissional como ferramenta na recuperação de pessoas privadas de liberdade. Até dezembro de 2015, mais de dez diferentes cursos foram ministrados pelo Senac, além de ações extensivas de orientação, tanto para custodiados em liberdade condicional e no regime semiaberto, quando para os internos do regime fechado do sistema penitenciário do Pará.

Nos últimos seis anos o Senac atendeu 443 detentos dos municípios de Belém, Ananindeua, Santa Isabel do Pará, Castanhal e Santarém, oportunizando educação profissional gratuita através do Pronatec (até 2014) e do Programa Senac de Gratuidades.

Com informações da Susipe
Texto: Daniele Brabo/Senac Pará
Fotos: Senac Pará e Anderson Silva/Ascom Susipe

Galeria de fotos


Em caso de dúvidas, entre em contato através de nossa Central de atendimento ou através de nossa fanpage no Facebook.




Mais notícias

Mais notícias



Em caso de dúvidas

Entre em contato conosco.

0800 701 4492
atendimento@pa.senac.br