Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé
Pará
Ações evidenciaram a atitude empreendedora na carreira profissional

Publicado em: 02 Jan 2017 | EMPREENDEDORISMO

A atitude empreendedora é um diferencial para todo profissional que quer se destacar. Para estimular este perfil nos alunos, o Senac no Pará realizou ações extensivas de orientação sobre o que é e como empreender no mundo do trabalho. As atividades ocorreram nas unidades educacionais de Belém e de Parauapebas, no mês de novembro.

As ações começaram em Parauapebas, onde Centro de Educação Profissional do Senac realizou a Semana do Empreendedorismo, de 22 a 25 de novembro. Neste período, os alunos puderam participar do “Papo com o empreendedor”, onde conheceram casos de sucesso no empreendedorismo do município. 

As unidades da capital realizaram no dia 25 a II Feira de Exposições Empreendedoras do Senac, com o tema “Carreira Profissional e Empreendedorismo: Educação e Transformação Social”.  Foi uma tarde inteira dedicada às boas ideias, partindo do entendimento que a educação é o meio para a descoberta de possibilidades, como o empreendedorismo.

Mostras, exposições de produtos, dinâmicas, palestras e demonstração de muita criatividade ocuparam diversos espaços da unidade na Serzedelo Corrêa, em Belém, com a finalidade de exemplificar formas de empreender, não apenas no sentido de abrir o próprio negócio, mas também de inovar, crescer e ser criativo no mundo do trabalho.

Demonstrando que para empreender não tem idade, os alunos das turmas de Aprendizagem Profissional Comercial levantaram a temática do Empreendedorismo Sustentável, dando um show na criação de produtos feitos a partir de reciclagem e reaproveitamento. Os artigos expostos poderiam ser comercializados facilmente no mercado, tendo como diferencial a matéria prima usada.

As equipes de jovens com idades entre 14 e 21 anos expuseram bolsas e bijuterias confeccionadas a partir de papelão, puffs e lixeiras produzidos com garrafas PET e também belíssimas luminárias feitas com canos de PVC, usados na construção civil. De acordo com a instrutora Karla Daniele, a atividade foi importante para incentivar nos alunos tanto a atitude sustentável, como a empreendedora. “Partimos desse conceito de pensar no amanhã e de transformar algo que iria para o lixo em um produto comercializável”, explicou. 

Outra atração foi o “Espaço Tech”, que funcionou como uma feira de profissões da área de Tecnologia da Informação e Comunicação, onde os alunos expuseram as inovações e as ferramentas criativas de cursos como Operador de Computador, Montador e Reparador de Computadores, Manutenção de Notebooks, Instalador e Reparador de Redes, Premiere e After effects (edição de vídeo), Programador Web, Programador de Dispositivos Móveis e Designer de Games; e Operador Áudio. O objetivo foi demonstrar as principais atuações dos profissionais qualificados nestas áreas.

Peças de artesanato coloriram o hall térreo da unidade, com as exposições de alunos das comunidades atendidas pelo Senac, através das Ações Móveis. O público pôde conferir a mostra de Mantos do Círio criados por alunas de Artesão de Pintura em Tecido e Artesão em Bordado a Mão, assim como as bonecas de pano feitas por alunos da Comunidade AMAS e os Bolos Artísticos de encher os olhos.

A programação também envolveu oficinas de Elaboração de Drinques e Coquetéis, Unhas Decoradas e Customização (Pintura e Bordado), que conquistaram alunos e visitantes. Outros momentos de orientação foram as palestras “Como montar uma empresa?”, “Entendendo o Processo de Recrutamento e Seleção” e “Tendências Tecnológicas para impulsionar sua carreira profissional e negócios”.

Para inspirar alunos e visitantes, a Coordenadoria de Relacionamento com o Mercado promoveu bate-papos com empreendedores de sucesso: o Especialista em Marketing e consultor de Marketing pela empresa Épida Marketing.Lab, Paulo de Brito Netto e a chef de cozinha Michelly Murchio, da empresa Eat for Fit, de culinária funcional.  

“O empreendedorismo é um divisor de águas. A pessoa começa a pensar ideias para o seu crescimento e também, de alguma forma, para a sociedade. Como o conselho digo que o primeiro passo para quem quer empreender é focar em algo que se gosta de fazer e o segundo passo é buscar a qualificação”, frisou Paulo.

Alunos de outros cursos como Técnico em Enfermagem, Cozinheiro, Recepcionista de Eventos, dentre outras turmas participaram com demonstrações de aspectos empreendedores de cada carreira. Ao todo foram realizados mais de 600 atendimentos nestas ações extensivas.

Texto e fotos:
Comunicação Senac Pará
Confira as fotos na Galeria

Todas as imagens no

Galeria de fotos


Em caso de dúvidas, entre em contato através de nossa Central de atendimento ou através de nossa fanpage no Facebook.




Mais notícias

Mais notícias



Em caso de dúvidas

Entre em contato conosco.

0800 701 4492
atendimento@pa.senac.br